Empresário chegou de Nova York na manhã desta segunda-feira

Eike Batista é suspeito de lavagem de dinheiro | Foto: Frederic J. Brown / AFP / CP Memória
Foto: Frederic J. Brown / AFP / CP Memória.

O voo que trouxe o empresário Eike Batista de Nova York pousou no Aeroporto do Galeão por volta das 10h desta segunda-feira. Com pedido de prisão preventiva, ele desceu da aeronave e foi direto a uma viatura da Polícia Federal, sem passar pelo saguão.

 Ele será encaminhado ao Instituto Médico Legal para exames e, em seguida, detido pela PF.

 O nome de Eike Batista apareceu na semana passada no âmbito da Operação Eficiência, um desdobramento da Operação Calicute, fase da Lava Jato, sobre propinas pagas por grandes empreiteiras a partidos e políticos para obter contratos da Petrobras. Eike, de 60 anos, é suspeito de lavagem de dinheiro em um esquema de corrupção que também atinge o ex-governador do Rio Sérgio Cabral, que está preso.

 Eike Batista chegou a ser considerado o homem mais rico do Brasil e, em 2012, o sétimo mais rico do mundo pela revista Forbes. Na última quinta-feira, a Polícia Federal tentou deter o empresário em sua casa, no Rio de Janeiro, mas ele não estava lá. Os advogados informaram que Eike viajou a trabalho para Nova York e que voltaria ao Brasil para se entregar. A Polícia Federal o considerou foragido e a Interpol incluiu seu nome na lista de captura internacional.

Fonte: http://www.correiodopovo.com.br/Noticias/Politica/2017/1/608942/Eike-Batista-e-detido-pela-PF-ao-desembarcar-no-Rio



Comentários